Isabel Ruth no Cine Atlântico



A atriz ISABEL RUTH estará presente no Cine Atlântico - Mostra de Cinema Português Mar e Ilhas de 16 a 19 de novembro // na sala de cinema da RECREIO DOS ARTISTAS // mais informações em www.cineatlantico.eu

Considerada uma das maiores atrizes do cinema português, é presença fetiche na cinematografia de Paulo Rocha, que a dirigiu em Os Verdes Anos (1963), Mudar de Vida (1966), O Rio do Ouro (1998), A Raíz do Coração (2000) e Vanitas (2004).

Trabalhou regularmente com Manoel de Oliveira em Vale Abraão (1993), A Caixa (1994), Viagem ao Princípio do Mundo (1996), Inquietude (1998), Vou para Casa (2001), O Princípio da Incerteza (2002) e Espelho Mágico (2006). Foi ainda dirigida por João Botelho (1980 - Conversa Acabada, 1988 - Tempos Difíceis), José Álvaro Morais, Jorge Silva Melo, Lauro António, Jorge Cramez, Eduardo e Ann Guedes, Manuel Mozos, Raoul Ruiz, Margarida Gil, Fernando Lopes, Teresa Villaverde, Pedro Costa, Raquel Freire, Cláudia Tomaz e Catarina Ruivo.

Em 1995 no Festival de Cinema em Moscovo "Faces of Love" é eleita a melhor actriz pelo seu desempenho no filme Pax de Eduardo Guedes (1994). Voltou a filmar em Itália com Tonino de Bernardi, onde participou na XVII edição do festival “Segni Barocchi” em Foligno. 

No final de 1999 a Cinemateca Portuguesa faz-lhe uma homenagem e João Bénard da Costa dedica-lhe o livro A dupla vida de Isabel Ruth. Isabel Ruth também escreve e compõe música. Em 2007 recebeu o Globo de Ouro como Melhor Actriz, pela sua interpretação em Vanitas de Paulo Rocha (2005).

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cine Atlântico - Mostra de Cinema Português Mar e Ilhas

O Cine Atlântico homenageia o realizador António de Macedo

Cine-Atlântico arranca quinta-feira com nove filmes portugueses